Sucupira Branca

Sucupira branca pacote com 50 grs
R$ 28,32
→ Desconto à vista no depósito bancário
→ 2 x de R$ 14,16 no cartão de crédito

Sucupira Branca

Conhecida como

Sucupira Branca , Faveiro, sucupira branca, fava de sucupira, sucupira, sucupira lisa

Nome cientifico

Pterodon emarginatus

Sementes/kg

1200

Aspectos Ecológicos

Planta decídua característica de terrenos secos e arenosos do cerrado e de sua transição para a floresta semidecídua. Sua dispersão é irregular e descontínua, ocorrendo em agrupamentos densos e muitas vezes até em populações puras. Floresce em setembro-outubro. A maturação dos frutos ocorre de junho a julho, com a planta quase totalmente despida de folhagem. É uma espécie muito ornamental e pode ser utilizada com sucesso na arborização urbana de ruas e praças. Além disso, por ser uma espécie tolerante à luz direta e pouco exigente em relação ao solo, é de grande importância nos reflorestamentos mistos destinados a áreas degradadas.

Grupo Ecológico

Pioneira

Família

Leguminosae (Papilionoideae)

Região de origem

 

Locais de Ocorrência

Ocorre naturalmente nos estados de Minas Gerais, São Paulo, Goiás e Mato Grosso do Sul.

Solo de Plantio

Terrenos secos e arenosos do cerrado

Classificação

Pioneira

Altura (Metros)

De 8 a 16 m de altura

Onde Plantar

Ruas, avenidas, parques, praças, jardins e margens de corpos d'água. indicada para reflorestamentos mistos destinados à recomposição de áreas degradadas e de preservação permanente

Madeira

Pesada, dura, difícil de rachar, de longa durabilidade mesmo quando em contato com solo e umidade. É própria para a construção naval e civil, pilares de pontes, assoalhos de vagões e de carrocerias, carvão e lenha.

Flores

Suas flores são esbranquiçadas ou róseas, dispostas em inflorescências apicais amplas. Os frutos são sâmaras contendo óleo amargo na estrutura alveolar da região central.

Frutos

Maturação dos frutos ocorre de junho a julho, com a planta quase totalmente despida de folhagem

Época de Floração

A partir de Outubro começa a florescer, com belas flores de cor roxa, que perduram até Novembro, em algumas árvores

Folha

Folhas alternas, estipuladas, compostas imparipinadas, com 20-36 folíolos oblongos a lanceolados, de 3-4 cm de comprimento

Tronco

Com tronco de 30-40 cm revestido por casca pardo-amarelada com ritdoma lenticelado e estriado

Quebra de dormência

Pode-se aumentar a germinação das sementes ensaiando-se algum tipo de escarificação, uma vez que a baixa germinação das sementes esteja relacionada com a dureza de seu tegumento.

Local de Plantio

O plantio pode ser feito em canteiros diretamente ou em embalagem plástica. Orienta-se a utilização de substrato ou terra vegeta

Semeio

Para que se faça uma muda, coloca-se de 2 a 3 sementes por cova/embalagem. Após o semeio, cubra com terra superficialmente

Irrigação

Irrigue no mínimo 2 vezes ao dia

Germinação

15 a 45 dias