Mudas de Capixingui

Desculpe, este produto não está mais disponível

Desconto especial em compras acima de 20 unidades
Mudas Capixingui embalagem com uma unidade
As mudas serão enviadas somente por Sedex, ou entre em contato para outro método de envio
R$ 6,50
Desconto à vista no depósito bancário
1 x de R$ 6,50 no cartão de crédito

Capixingui - Croton floribundus é uma espécie muito comum nos biomas do Cerrado e da Mata Atlântica, nos estados do Paraná, Minas Gerais, Rio de Janeiro e São Paulo. Por seu porte, seu plantio é indicado para parques, jardins e outros espaços abertos, onde não passem fiações elétricas e outras estruturas. Suas flores atraem diversos tipos de abelhas, enquanto sua madeira pode ser utilizada para a caixotaria e produção de móveis.

 

Nome Popular Capixingui, tapixingui, velame, capexingui.
Tempo de Viveiro De 6 a 8 meses
Tamanho da Muda De 20 a 40 cm
Volume do Tubete 290 cm³
Peso da Muda 300 gramas
Nome Científico

Croton floribundus Spreng.

Família Euphorbiaceae
Síndrome de Dispersão Autocórica
Sinomínia Botânica

Croton asper Dev.

Grupo Ecológico Pioneira
Classificação Sucessional Secundária Inicial
Ameaça de Extinção Não Ameaçada
Origem Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo
Locais de Ocorrência Sudeste, Sul
Onde Plantar Praças e parques.
Luminosidade Sol Pleno
Solo de Plantio Áreas Secas
Porte da Árvore De 10 a 15 metros
Utilidades Caixotaria, Marcenaria, Melíferas
Madeira Moderadamente pesada (densidade 0,60 g/cm³), textura média, grã direita, superfície lisa ao tato, de baixa resistência ao ataque de organismos xilófagos, com alburno e cerne indistintos.
Tronco Tronco de 20-30 cm de diâmetro, revestido por casca fina com ritidoma lenticelado e de cor acinzentada devido à intensa proliferação de líquens.
Folha Folhas simples, alternas espiraladas, ovaladas a elíptico-ovaladas, com látex pouco visível, pubescentes e com nervuras imersas na face superior, prateadas e com nervuras proeminentes na face inferior, de 8-12 cm de comprimento por 5-6 cm de largura, com pecíolo de 1-3 cm.
Flor Inflorescências em racemos curtos, com flores femininas basais e masculinas apicais.
Fruto Fruto cápsula tricoca equinocárpica, com deiscência explosiva, contendo sementes marrom-brilhantes com carúnculo.
Fruta Comestível Não
Potencial Paisagístico Não possui perfil ornamental.
Fenologia

Floresce durante os meses de outubro-dezembro. A maturação dos frutos verifica-se em janeiro-fevereiro.

Possui Propriedades Medicinais? Não
Propriedades Medicinais Não