screen 1

Mogno Africano, khaya Ivorensis

Produto esgotado

 

 

Nome Popular

Mogno Africano

Nome Científico

Khaya ivorensis

Família

Meliaceae

Síndrome de Dispersão

Anemocórica

Sinomínia Botânica

Khaya spp.

Grupo Ecológico

Exótica

Classificação Sucessional

N/A

Ameaça de Extinção

Não Ameaçada

Ocorrência conforme resolução SMA 08 - Estado de São Paulo

Não se aplica

Origem

Exótica

Locais de Ocorrência

Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sudeste, Sul

Onde Plantar

Plantações em áreas de florestas de alto valor agregado, para produção de madeira nobre.

Solo de Plantio

Áreas Secas, Litoral

Porte da Árvore

De 15 a 20 metros, De 20 a 25 metros, De 25 a 30 metros

Utilidades

Carvão, Construção Civil, Marcenaria, Melíferas, Para Calçada, Uso Ornamental

Madeira

Moderadamente pesada, dura, de resistência moderada ao apodrecimento e alta ao ataque de cupins de madeira seca.

Tronco

50 - 80 cm de diametro, revestido por casca pardacenta com ritdoma escamoso.

Folha

Folhas alternas espiraladas, compostas pinadas, sem estípulas, com 8-10 folíolos oblongo-lanceolados a oval lanceolados, glabros na face superior, de 7-15 cm de comprimento.

Flor

Flores reunidas em inflorescência tipo panícula, axilares de até 20 cm de comprimento.

Fruto

Fruto capsula deiscente, lenhosa, parda quando seca, com muitas sementes aladas de cor marrom

Fruta Comestível

Não

Potencial Paisagístico

Alto

Fenologia

Floresce de Novembro - Janeiro

Possui Propriedades Medicinais?

Não

Propriedades Medicinais

Não

Tempo Médio de Emergência

30 Dias

Sementes por Kilo

4700

Mês de Coleta

Agosto

Classificação

Recalcitrantes

Colheita

Colher diariamente assim que ocorre a abertura espontânea

Quebra de Dormência

Imersão por 24 horas em água temperatura normal antes do plantio.

Como Plantar

Colocar as sementes para germinar, plantar em canteiros ou diretamente em tubetes individuais de 110 ou 290 ml contendo substrato organo-argiloso e mantidos em ambiente semi-sombreado.

Entre em contato: (18) 3646-1337