Figueira do Mato

Produto esgotado
Esse produto está esgotado
Nome Popular Figueira branca, figueira, figueira brava, mata pau, figueira mata pau
Nome Científico

Ficus guaranitica

Família Moraceae
Peso do Pacote 250 Gramas
Síndrome de Dispersão Zoocórica
Sinomínia Botânica

Ficus boapoy Larrañaga

Grupo Ecológico Não Pioneira
Classificação Sucessional Secundária Tardia
Ameaça de Extinção Não Ameaçada
Ocorrência conforme resolução SMA 08 - Estado de São Paulo Cerrado - Sudoeste, Floresta Estacional Decidual - Centro, Floresta Estacional Semidecidual - Centro, Floresta Estacional Semidecidual - Noroeste, Floresta Ombrófila Densa - Sudeste, Mata Ciliar - Centro, Mata Ciliar - Sudoeste, Mata Paludosa - Centro, Mata Paludosa - Sudoeste, Restinga - Litoral Norte
Origem Goiás, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, São Paulo
Locais de Ocorrência Centro-Oeste, Sudeste, Sul
Onde Plantar Grandes praças, jardins e outros lugares abertos, inclusive áreas rurais.
Solo de Plantio Áreas Úmidas
Porte da Árvore De 10 a 15 metros, De 15 a 20 metros
Utilidades Caixotaria, Frutíferas para Passáros , Para Sombra
Madeira Moderadamente pesada macia, de textura grossa, grã direita, pouco resistente, de baixa durabilidade natural.
Tronco Tronco de 90-180 cm de diâmetro, dotado de sapopemas basais e ritidoma lenticelado.
Folha Folhas alternas, simples, ovaladas ou elípticas a elíptico-ovaladas, grossas e coriáceas, glabras, de 10-20 cm de comprimento por 6-10 cm de largura.
Flor Flores são diminutas e compostas, reunidas no interior de um receptáculo fechado, dotado de um orifício no ápice, pendente e preso à axila da folha. Esse receptáculo parece um fruto, e de fato a maturação do fruto ocorre ali. Mas somente analisando com lupa o seu interior é que se pode distinguir o estágio em que esse receptáculo se encontra, se de inflorescência, ou se de infrutescência.
Fruto Fruto sicônio globoso a obovado, verde e roxo.
Fruta Comestível Não
Potencial Paisagístico A árvore é frondosa, por possuir uma copa imensa, com mais de 20 metros de diâmetro.
Fenologia Floresce em diferentes épocas, porém principalmente em setembro-outubro. A maturação dos frutos ocorre em dezembro-janeiro.
Possui Propriedades Medicinais? Não
Propriedades Medicinais Não
Tempo Médio de Emergência 45 Dias
Sementes por Kilo 3000000
Sementes por Pacote 750000
Sementes por Cova 2
Mês de Coleta Janeiro
Classificação Recalcitrantes
Longevidade e Armazenamento Suas sementes possuem longevidade curta, perdendo seu poder de germinação depois de um ou dois meses em média.
Colheita Colher os frutos diretamente da árvore quando iniciarem a queda espontânea, ou recolhê-los no chão após a queda. Em seguida deixá-los em repouso dentro de saco plástico por alguns dias para iniciar sua decomposição e facilitar a maceração em água. As sementes são separadas filtrando-se a suspensão de frutos e deixando-se o filtrado secar ao sol.
Quebra de Dormência Não há necessidade.
Como Plantar Colocar as sementes para germinação logo que colhidas em canteiros sombreados contendo substrato orgânico puro, não devendo ser cobertas. A germinação geralmente é baixa. O desenvolvimento das plantas no campo é rápido, podendo ultrapassar 3 metros de altura aos 2 anos.