Feijão Pérola embalagem a partir de 10 kgs

Ligar para verificar disponibilidade do produto.
Feijão Pérola pacote com 10 kg
R$ 166,00
Desconto à vista no depósito bancário
6 x de R$ 27,67 no cartão de crédito
Feijão Pérola pacote com 11 kg
R$ 182,60
Desconto à vista no depósito bancário
6 x de R$ 30,43 no cartão de crédito
Feijão Pérola pacote com 12 kg
R$ 199,20
Desconto à vista no depósito bancário
6 x de R$ 33,20 no cartão de crédito
Feijão Pérola pacote com 13 kg
R$ 215,80
Desconto à vista no depósito bancário
6 x de R$ 35,97 no cartão de crédito
Feijão Pérola pacote com 14 kg
R$ 232,40
Desconto à vista no depósito bancário
6 x de R$ 38,73 no cartão de crédito
Feijão Pérola pacote com 15 kg
R$ 249,00
Desconto à vista no depósito bancário
6 x de R$ 41,50 no cartão de crédito
Feijão Pérola pacote com 16 kg
R$ 265,60
Desconto à vista no depósito bancário
6 x de R$ 44,27 no cartão de crédito
Feijão Pérola pacote com 17 kg
R$ 282,20
Desconto à vista no depósito bancário
6 x de R$ 47,03 no cartão de crédito
Feijão Pérola pacote com 18 kg
R$ 298,80
Desconto à vista no depósito bancário
6 x de R$ 49,80 no cartão de crédito
Feijão Pérola pacote com 19 kg
R$ 315,40
Desconto à vista no depósito bancário
6 x de R$ 52,57 no cartão de crédito
Feijão Pérola pacote com 20 kg
R$ 332,00
Desconto à vista no depósito bancário
6 x de R$ 55,33 no cartão de crédito

Feijão Pérola

Uma nova variedade de feijão, de alta produtividade e resistente a diversas doenças, acaba de ser lançada pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária-Embrapa, vinculada ao Ministério da Agricultura e do Abastecimento. 

A nova variedade, chamada Pérola, é recomendada para os Estados de Minas Gerais, Mato Grosso, Goiás, Bahia e para o Distrito Federal. Apresenta produtividade, com irrigação, de 3 mil kg por hectare, tendo alguns produtores superado esse número. A produtividade média brasileira de feijão irrigado é de 2.300 kg por hectare. Em condições de sequeiro a Pérola chega a 2.400 kg por hectare, bem superior à média brasileira de 620 kg por hectare. Produz entre 15% e 20% mais que a Carioquinha, a variedade mais cultivada no País. 

A cultivar é resistente à ferrugem, ao mosaico comum e a uma raça de antracnose. Apresenta também resistência intermediária (a doença ataca mas sem grandes perdas de produção) à murcha do fusarium e à mancha angular. Sendo resistente, a variedade Pérola dispensa significativos volumes de agrotóxicos, com redução de custos para o produtor e com ganhos ambientais para o solo e para as águas. 

Em relação ao mercado, a Pérola apresenta um grão mais claro, o que lhe dá um preço cerca de 10% superior nos principais mercados atacadistas e consumidores.