Embira de Sapo - Lonchocarpus Muehlbergianus

Embira de Sapo - Lonchocarpus Muehlbergianus pacote com 50grs
R$ 18,88
→ Desconto à vista no depósito bancário
→ 1 x de R$ 18,88 no cartão de crédito

 

Nome Popular

feijão cru, guaianã, embira de sapo, timbó, rabo de bugiu, rabo de macaco, rabo mole, rabo de mico

Nome Científico

Lonchocarpus muehlbergianus

Família

Fabaceae-Faboideae

Peso do Pacote

250 Gramas

Síndrome de Dispersão

Autocórica

Sinomínia Botânica

Não

Grupo Ecológico

Não Pioneira

Classificação Sucessional

Secundária Tardia

Ameaça de Extinção

Não Ameaçada

Ocorrência conforme resolução SMA 08 - Estado de São Paulo

Floresta Estacional Semidecidual - Centro, Floresta Ombrófila Densa - Litoral Norte, Floresta Ombrófila Densa - Litoral Sul , Floresta Ombrófila Densa - Sudeste, Mata Ciliar - Centro, Mata Ciliar - Sudoeste

Origem

Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraná, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo

Locais de Ocorrência

Centro-Oeste, Sudeste, Sul

Onde Plantar

Praças, parques e jardins.

Solo de Plantio

Áreas Úmidas

Porte da Árvore

De 15 a 20 metros, De 20 a 25 metros

Utilidades

Caixotaria, Florada Atraente, Lenha, Marcenaria, Uso Ornamental

Madeira

Moderadamente pesada (densidade 0,72 g/cm³), medianamente dura, textura média, grã direita, brilho moderado, fácil de trabalhar, muito sujeita ao ataque de organismos xilófagos.

Tronco

Tronco de 40-50cm de diâmetro, revestido por casca fina com ritidoma lenticelado

Folha

Folhas alternas, espiraladas, estipuladas, compostas imparipinadas, dotadas de 7-13 folíolos ovalados ou elípticos a elípticos-obovados, com nervação camptódroma, glabros, e com nervuras imersas na face superior, pubescentes e de cor mais clara na face inferior, de 6-12 cm de comprimento por 3-4 cm de largura.

Flor

Inflorescências em panículas axilares amplas, com flores de cor púrpura, bissexuadas, zigomorfas, diclamídeas, dialipétalas; corola com prefloração imbricada.

Fruto

Frutos vagens (legume) achatadas indeiscentes, revestidas por pubescência ferrugínea, contendo 1-3 sementes igualmente achatadas.

Fruta Comestível

Não

Potencial Paisagístico

A árvore é bastante ornamental, principalmente quando em flor, podendo ser usada no paisagismo em geral.

Fenologia

Floresce a partir de meados de outubro, prolongando-se até janeiro. A maturação de seus frutos ocorre nos meses de julho-agosto.

Possui Propriedades Medicinais?

Não

Propriedades Medicinais

Não

Tempo Médio de Emergência

15 Dias

Sementes por Quilo

1160

Sementes por Pacote

290

Sementes por Cova

1

Mês de Coleta

Agosto

Classificação

Recalcitrantes

Longevidade e Armazenamento

A viabilidade em armazenamento é curta.

Colheita

Colher os frutos diretamente da árvore quando iniciarem a queda espontânea, ou recolhê-los no chão após a queda. Em seguida deixá-los ao sol para secar e facilitar sua abertura e a retirada manual das sementes.

Quebra de Dormência

Não necessita de tratamento.

Como Plantar

Colocar as sementes para germinação em canteiros ou diretamente em recipientes individuais contendo substrato organo-argiloso e mantidos em ambiente semi-sombreado; cobri-las com uma camada de 0,5 cm de substrato peneirado e irrigar diariamente. A taxa de germinação geralmente é alta. As mudas desenvolem-se rapidamente, ficando prontas para plantio no local definitivo em menos de 5 meses. O desenvolvimento das plantas no campo é também rápido, alcançando 3,5 m de altura aos 2 anos de idade.