Mudas de Amburana

Desconto especial em compras acima de 20 unidades
Mudas Amburana embalagem com uma unidade
As mudas serão enviadas somente por Sedex, ou entre em contato para outro método de envio
R$ 6,50

Nome Popular : Amburana, cerejeira, cumaru-do-cerá-, cumaré, cumaru-das-caatingas, imburana-de-cheiro, umburana, amburana-de-cheiro, imburana, cerejeira-rajada, cumaru-de-cheiro.

Tempo de Viveiro : De 6 a 8 meses

Tamanho da Muda : De 30/50CM

Volume do Tubete : 120 cm³

Peso da Muda : 60 gramas

Nome Científico : Amburana Cearensis

Família : Fabaceae-Faboideae

Síndrome de Dispersão : Anemocórica

Sinomínia Botânica : Torresea cearensis Allemão, Amburana claudii Schwacke & Taub

Grupo Ecológico : Não Pioneira

Classificação Sucessional : Secundária Tardia

Ameaça de Extinção : Não Ameaçada

Bioma : Amazônia, Caatinga, Cerrado, Mata Atlântica

Origem : Acre, Alagoas, Amazonas, Bahia, Ceará, Espirito Santo, Goiás, Maranhão, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio Grande do Norte, Rondônia, São Paulo, Sergipe, Tocantins

Locais de Ocorrência : Centro-Oeste, Nordeste, Norte, Sudeste Onde Plantar : Parques, praças e jardins.

Luminosidade : Sol Pleno Solo de Plantio : Áreas Secas Porte da Árvore : De 5 a 10 metros

Utilidades : Marcenaria, Perfumaria, Uso Ornamental Madeira : Moderadamente pesada (densidade 0,60 cm³), macia, grã direita a irregular, com cheiro de cumarina, moderadamente durável quando exposta às intempéries.

Tronco : Tronco de 40-80 cm de diâmetro, revestido por casca marrom-avermelhada com ritidoma laminado.

Folha : Folhas compostas, de 10-15 cm de comprimento; folíolos em número de 11-15, ovalados, membranáceos, glabros, com 1-2 cm de comprimento.

Flor : Flores esbranquiçadas, em panículas terminais.

Fruto : Frutos vagens deiscentes.

Fruto Comestível : Não

Potencial Paisagístico : A árvore é muito ornamental, principalmente pelos ramos e tronco, que são lisos de cor vinho ou marrom-avermelhado.

Fenologia : Floresce em abril-junho com a planta quase totalmente despida de sua folhagem. A maturação dos frutos inicia-se em agosto junto com o surgimento da nova folagem, prolongando-se até setembro.