screen 1

Araticum Cagão

Produto esgotado

Araticum cagão

 

Conhecida como

Araticum cagão, cortição, araticum de paca, quaresma, corticeira, coração de boi, anona cagona, corticeiro

Nome cientifico

Annona cacans

Sementes/kg

5.370

Bioma

Mata Atlântica, Pampa

Região de origem

Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo

Solo de Plantio

Áreas Úmidas

Classificação

Pioneira

Altura (Metros)

De 5 a 10 metros De 10 a 15 metros, De 15 a 20 metros

Onde Plantar

Na arborização urbana, como praças, parques e calçadas

Utilidades

Caixotaria, Frutíferas Comestiveis, Frutíferas para Passáros , Uso Ornamental

Madeira

Leve, macia ao corte, fácil de trabalhar, pouco resistente, de baixa durabilidade natural

Flores

Flores amarelo-esverdeadas, dialipétalas, axilares, acilares, solitárias.

Frutos

Frutos sincárpicos, bacáceos, contendo várias sementes frutos são comestivel

Época de Floração

Floresce a partir do final do mês de setembro, prolongando-se até início de novembro. Os frutos amadurecem de janeiro a março.

Quebra de dormência

O araticum-cagão apresenta possivelmente dormência por indiferenciação embrionária (Rizzini, 1976). O embrião imaturo não pode crescer sem primeiro completar o seu desenvolvimento. Atualmente são usadas a escarificação mecânica e a escarificação em ácido sulfúrico, por um minuto. Mas, em função do tipo de dormência, recomenda-se que seja experimentada estratificação em areia úmida. Sem a superação da dormência, a germinação é muito baixa, cerca de 5% (Silva et al., 1990).

Entre em contato: (18) 3646-1337