Araça Amarelo

Araça Amarelo embalagem com 50 grs
R$ 19,50
→ Desconto à vista no depósito bancário
→ 1 x de R$ 19,50 no cartão de crédito

Araça Amarelo

 

Nome Popular: Araçá, china-guava, araçá-amarelo, araçazeiro, araçá-do-campo, araçá-vermelho, araçá-doce, araçá-manteiga, araçazeiro, araçá-da-praia, araçá-pera, araçá-de-coroa, araça-rosa, araçá-rosa, araçá-de-comer

Numeros de sementes por kg: 65.000

Nome Científico: Psidium cattleyanum

ORIGEM: Espécie endêmica da Mata Atlântica que ocorre desde o sul da Bahia até o estado do Rio Grande do Sul, no Brasil,aparecendo principalmente nas cabeceiras de várzeas e nascentes de ribeirões e nas cerras de altitude onde o solo é bastante úmido.

Características: É um arbusto de 2,5 a 4 m de altura, chegando com muita raridade aos 7 a 8 m de altura quando em clareiras no meio da mata. A copa é arredondada, irregular e rala atingindo o dobro da altura da planta. O tronco é tortuoso, com ritidoma liso brilhante e acinzentado, e uma vez por ano a casca se desprende em laminas papiráceas (como tiras de papel), mostrando a casca interna que é esverdeada e passa a ter coloração alaranjada e por fim acinzentada. Os ramos jovens são glabros (sem pelos) ou raramente pebérulo (com pelinhos pequenos e eretos). As folhas são simples, opostas, coriaceas, e obovadas (com forma de ovo invertido, com a parte larga no ápice), fixada por pecíolo (haste ou suporte) de 4 a 12 mm de comprimento. O limbo (tecido foliar) mede 4 a 9 cm de comprimento por 2 a 5,5 cm de largura. A base é aguda ou cuneiforme (com forma de cuia) e o ápice é atenuado, obtuso, ou seja, é suavemente arredondado. A flor aberta é branca, fragrante e mede 2 cm de diâmetro, sendo formada por cálice (invólucro externo) com 4 a 5 lobos ou recortes na forma de dentes côncavos que se rompem na antese. A corola é formada por 4 ou 5 pétalas brancas e obovadas de 7 a 8 mm de comprimento que se misturam com os estames.Os frutos são bagas subemisféricas (que é quase redonda) de 3 a 4,6 cm de diâmetro com casca amarela ou vermelha a depender da variedade, tendo no ápice uma coroa aprofundada com 4 sépalas persistentes. A polpa é branca ou arroxeada, doce com um fundo levemente acido, envolvendo 50 a 110 sementes aplainadas, reniformes ( com forma de rim) e de cor creme.

Usos: Frutifica em novembro e dezembro, em fevereiro e em Abril. Os frutos são muito saborosos e refrescantes, e lembram o sabor do morango, principalmente a variedade que produz frutos vermelhos. Esses são ótimos para o consumo in-natura, pois tem baixa caloria e boa quantidade de fósforo e vitamina C. A arvore do Araçá amarelo é perenifólia e de porte reduzido e por isso serve muito bem para arborização urbana sob redes elétricas. As folhas brilhantes e as flores brancas tornam a planta muito decorativa para pequenos jardins, além de seus frutos atraírem muitos pássaros lindos. Essa espécie não pode faltar em projetos de reflorestamentos, pois a planta é muito rústica quando em solos fracos e a pleno sol e sua produção precoce de frutos alimentam a fauna em geral. As flores são melíferas e indicadas principalmente como pasto apícola para as abelhas indígenas.

dígenas.